[…] Oi? Ola? Ainda podes me escutar? Ainda sorri quando me vê? Ainda se alegra com meus mimos e carinhos? Isso ainda é suficiente para ti ou falta algo mais? Ainda sou o suficiente para você? Ainda sou suficiente para te levar aos céus e te segurar quando estas mal? Ainda pensa em mim quando deita no travesseiro? Ainda anseia pelo toque de minhas mãos? Ainda deseja o nosso “nós”? Fale algo, grite se preciso, não se cale por favor, eu preciso ouvir a sua voz, eu preciso ouvir o seu querer, entenda que eu preciso de você.

— Sobre um alguém.    (via autorias)



O problema não é me conquistar. É me manter interessada.

— Tati Bernardi    (via everythingallright)